Ir para o conteúdo
ou

 Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

Bia Barboza, do Coletivo Intervozes, fala sobre #ParticipaçãoSocial

22 de Maio de 2014, 13:50 , por Grazielle Machado - 22 comentários | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 393 vezes
Captura de tela 2014 05 22 16.49.40

Beatriz Barbosa, do Coletivo Intervozes, que luta pelo direito à comunicação no Brasil, conversou com a equipe de #ComunicaçãoColaborativa da Arena da Participação Social e falou sobre os desafios que o Brasil precisa enfrentar para que a população possa exercer a participação social plena.

Segundo ela, a Política Nacional da Participação Social, que será lançada pela presidenta Dilma Rousseff, nesta sexta-feira, 23, durante a Arena da Participação Social, é importe, pois servirá para institucionalizar cada vez mais espaços de participação. 

Confira o vídeo:


Tags deste artigo: cobertura colaborativa arena da participação social coletivo intervozes beatriz barbosa

22 comentários

Enviar um comentário
  • 65255dffeead953559344659b9aa30e9?only path=false&size=50&d=wavatarAlcione Carolina Gabriel da Silva
    22 de Maio de 2014, 14:13

    Bem temperado

    Bia teve um posicionamento bem temperado. Ao mesmo tempo que saudou o processo em curso - de legitimar o anseio de institucioalização dos meios de participação mais inovadores, para além das Conferências, Conselhos, Chamadas Públicas, etc apontou uma necessária reavaliação e reposicionamento do governo frente à agenda da Comunicação, que segue sem nenhum espaço de participação, desde o PNBL, cujo Brasil Conectado afundou, até a realização de apenas uma Conferência de Comunicação que, infelizmente, não logrou resultados e consequêcias frente ao que a sociedade formulou. É necessário apontar quem mesmo em alguns outros espaços que acolheram a participação social, em sempre ofereceram métodos de governança e controle social posteriores. Ninguém quer participar para que, ao fim e a cabo, não sejam produzidas consequências alguma, de modo que as pastas sigam em frente com *suas* agendas prioritárias indeléveis,já organizadas em suas LOA e PPA.
    Abrir para participação é um passo importante. Gerar consequências para essa participação legitima o processo.É preciso enfrentar isso com seriedade.


  • 27435c863f2b6cc97ed2c7046baebc16?only path=false&size=50&d=wavatarMárcio Veloso Gervazoni Rocha
    8 de Abril de 2016, 13:11

    Shipping Clerk

    12345


Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.